Para enriquecer

“Este ano vai ser diferente”! Esta possivelmente é uma das promessas comuns que muitos costumam fazer nas primeiras horas do primeiro de janeiro. Largar vícios, sair do sedentarismo, emagrecer, ganhar uns quilos, gastar menos, poupar mais, conquistar um emprego e por aí vai. Com a premiação da “Mega da Virada” é possível que os sortudos consigam alcançar mais rápido os seus sonhos e metas, assim como também é provável que tenham substituídos ou até mesmo anulado certas prioridades.

No entanto, falando de dinheiro, é quase certo que muitos de nós sonhemos com uma boa renda, de modo que possamos, não apenas nos manter com um padrão de vida modesto, mas que consigamos desfrutar das coisas boas da vida, afinal de contas, o dinheiro é um grande facilitador de boa parte do que almejamos. Com base nisso, gostaria de compartilhar a lição extraída de um interessante artigo publicado no site infomoney nesta semana, que fala, em passos, sobre como pessoas pobres nos Estados Unidos superaram a pobreza e hoje alcançaram a independência financeira, inclusive com o status de milionárias. Aqui vão alguns:

1- COMECE COM NADA E CRESÇA EM UM BAIRRO HUMILDE
Muitas iniciaram sua fortuna do zero, lutando para se tornar o que são hoje. Se você se acha impossibilitado de começar a fazer alguma coisa, saiba que possivelmente você já está bem na frente de quem não tem a oportunidade de ler este artigo e não tem a oportunidade de se deparar com uma informação tão valiosa quanto esta. Dê o primeiro passo, desenvolva uma habilidade e faça o uso da mesma para ajudar outras pessoas. Em contrapartida elas estarão dispostas a pagá-lo por isso.

2 – FAÇA O QUE VOCÊ AMA
Já dizia Steve Jobs: “a única maneira de fazer um excelente trabalho é amar o que se faz”. Apaixone-se pelo que você sabe e gosta de fazer – você se sentirá tão envolvido, que não vai medir esforços para dar o melhor de si para servir quem precisa de você. O dinheiro virá como consequência.

3 – TENHA UM NEGÓCIO PRÓPRIO, MAS NÃO ESBANJE SEU DINHEIRO.
Volte para a dica número 1, converta suas habilidades em um negócio, ajude as pessoas e receba por isso. Mas cuidado, tenha cautela com seus gastos, não gaste tudo que tem, rico é quem tem muito dinheiro e não necessariamente aquele que mais gasta.

4 – ASSUMA RISCOS, COMETA ERROS E CONFIE EM SUA INTUIÇÃO
O que faz sentido pra você? Acredite no seu potencial, estude, aprimore-se, com o tempo o seu preparo fará toda a diferença na sua tomada de decisões. Lembre-se: ninguém teve grandes feitos apostando no “seguro”.

5 – SAIBA FAZER SACRIFÍCIOS
Não permita se ludibriar por quem sugere que você merece gastar o que ganhou. Sua recompensa virá a longo prazo.

6 – PENSE DUAS VEZES ANTES DE SE DIVORCIAR
O divórcio é um dos grandes assassinos da riqueza. Cada vez que você se separa, todos os bens conquistados são divididos por dois, salvo raríssimos casos. Sendo assim, considere essa variável.

7 – DIVERSIFIQUE SEUS INVESTIMENTOS
Não deixe seu dinheiro ficar parado, faça com que ele também trabalhe por você. Não espere apenas o rendimento ínfimo da caderneta de poupança e amplie seus ganhos a longo prazo.

Escrever as metas e o que fazer para batê-las é fundamental, assim como é vital traçar as estratégias de como alcançá-las. Se você não fizer isso, corre o sério risco de esquecê-las e frustrará toda a empolgação do primeiro dia do ano. E lembre-se: não é este ano que tem que ser diferente, é você!

Faça, que acontece!

Gostou? Saiba mais no e-Book “Enfim, Desempregado: como trabalhar e enriquecer sem depender de um emprego” clicando aqui! 

Confira mais:

 

As dicas mais acessadas