Sabe por que sua carreira não decola? Porque lhe disseram que você tem que ter um emprego e você acreditou!

Prezado (a) amigo (a):

Ajude outras pessoas!

Se você é do tipo que realmente estuda e se qualifica para o mercado de trabalho, mas até hoje está sofrendo com o desemprego ou faz algo que não tem nenhuma perspectiva de crescimento, eu  gostaria que você refletisse sobre o conselho que possivelmente nem seus pais, nem seus professores e nem mesmo a faculdade irão lhe dizer: pode ser que o ideal seja você parar de procurar um emprego e começar a ter vários clientes (inclusive o seu ex-patrão)! Infelizmente a mídia e o nosso sistema educacional nos condiciona a sermos apenas mão-de-obra dos outros e o pior: eles apresentam uma visão de que você precisa investir pesado em maquinários, equipamentos, funcionários, fazer plano de negócios, etc., criando um fantasma na sua mente sobre a ideia de trabalhar por conta própria!

Só tem um detalhe: fantasmas não existem!
É fácil? Não, mas pode ser muito mais simples do que parece!

Você espera até hoje o posicionamento de um RH?

É simplesmente horrível esperar um telefonema... um e-mail... uma mensagem... mesmo que seja para dizer se você não passou no tal processo seletivo, não é? Acredite, eu sei perfeitamente como é isso e se eu for contabilizar, existem pelo menos 13 empresas que desde 2005 disseram que iam entrar em contato comigo e até hoje nada. Nem um sinal. Desconsideração e desrespeito total com pessoas como a gente, né?

Eu não tenho a menor dúvida de que o meu currículo já foi rasgado e queimado, mas pensando bem, eu não me importo mais com isso! Na verdade, hoje o que eu passei a ter são pessoas que procuram por mim e eu que decido se quero trabalhar com elas!

Parece birra, né? Mas não é!

Já sei: você está estudando para passar em concurso público!

Calma, eu não estou criticando o fato de você querer a tal “estabilidade” financeira, pelo contrário: isso é digno e louvável! No entanto, eu mesmo já vivi para estudar... aliás, eu já nem vivia e o pior: eu nunca consegui passar! Será que eu era tão burro assim? Bom, o que eu sei é que, caso você realmente queira ser um funcionário público, saiba que existem 4 situações que você deve saber pelas quais vai ter que enfrentar, caso ainda não tenha se atentado para isso:

Você já deve começar a estudar agora
Independente de haver algum certame previsto, aliás, sabe lá quando vai aparecer algum! Portanto, vá se desdobrando aí com livros e/ou cursos preparatórios para aprender Direito, Raciocínio Lógico, Português, Matemática e outras matérias relacionadas, sem contar com os regimentos e/ou leis da instituição específica para a qual você vai disputar a vaga.

Você vai competir com centenas ou milhares de pessoas
As vagas são escassas e, salvo raras exceções, é quase certo que você vá querer disputar por aquelas de nível médio (onde é “mais fácil”) ou, ainda que almeje uma vaga de nível superior, saiba que a batalha é muito mais pesada e, sem ser pessimista, é quase certo que você não vai passar.

Não basta passar
Basta ver as frequentes manifestações na sua cidade, onde inúmeros aprovados esperam há anos serem chamados para tomarem posse do cargo e isso é tão ruim quanto esperar o telefonema de um RH para trabalhar. Você perde noites de sono ou até mesmo chega a sonhar no emprego dos seus sonhos, mas aí se depara com a realidade: o Governo (Municipal, Estadual ou Federal) não deu previsão para fazer convocação! Haja agonia, hein!

Não basta entrar
Basta ver as frequentes greves de categorias que reclamam que o Governo não pagou ou atrasou o salário dos servidores, sem contar que, por ter um salário “fixo”, os seus rendimentos não vão acompanhar a inflação e daqui a um tempo é quase certo que o seu poder de compra não seja mais o mesmo. Vale lembrar que a tendência é que você se torne o tipo de funcionário que odeia fazer o que faz ou que não se dá bem com colegas e/ou chefes de profissão e por isso só vai se permitir ser feliz na sexta, no sábado e no domingo, pois vai sempre ter que ir ao trabalho arrastando correntes. Por conta disso, você pode querer estudar para outro concurso... e lá vai o stresse mais uma vez.

Conclusão

Eu não sou contra o emprego, sou contra o fato de saber que você é uma pessoa talentosa, mas que não está colocando o seu talento, o seu dom e as suas habilidades para o mundo porque acha que só pode fazer isso se for através de uma "oportunidade" concedida por uma empresa ou pelo governo. Como você já deve ter percebido, eu não falei em nenhum momento que as coisas são fáceis, mas podem ser muito mais simples (e até mesmo rentáveis) do que você possa imaginar!

Faça meu o curso básico agora e mude seus conceitos sobre o mercado de trabalho!

As aulas são 100% em vídeo e são apenas uma pequena amostra do meu livro digital "Enfim, Desempregado: como trabalhar e enriquecer sem depender de um emprego"! Nele você encontra mais... muito mais!

Faz sentido pra mim! Eu quero fazer o curso!

Você pode optar por usar o seu Cartão de Crédito ou Boleto Bancário e assim que a transação for compensada, você receberá um email de acesso ao curso atomaticamente!

Pode ficar tranquilo (a)!

Você terá 7 dias para assistir ao curso. Se dentro desse prazo você alegar que ele não serviu para você, basta me enviar um email solicitando o seu reembolso que eu mando o seu dinheiro na hora! Tranquilo?

Vamo que vamo! Faça, que acontece!


Altamente recomendado para:

Profissionais ligados a design, publicidade, jornalismo, marketing, vendas, eventos, música, arquitetura, fotografia e demais interessados!

Qual a imensa vantagem que você tem de ser das áreas mencionadas acima?

A ideia é bem mais simples do que parece: enquanto alguns aprenderam de que precisam ter um patrão através de um emprego ou um negócio que exija funcionários, equipamentos, estoques e um monte de furdunço, você tem o diferencial de poder começar agora sem precisar contratar muita gente (se é que vai precisar de alguém) e assim começar a ser recompensando pelo seu dom, talento e/ou suas habilidades. O que você precisa é simplesmente aprender a pensar fora do quadrado com os meus atalhos e agir de forma estratégica de acordo com a sua realidade!
Faça, que acontece!

Conteúdo Previsto

- Princípios básicos
- Como descobrir o seu dom
- Como funciona e por que funciona
- Como saber se você tem chances reais de crescer profissionalmente numa empresa
- Como saber se você não está sendo usado pelo seu patrão
- Como programar o seu estudo para ter sucesso profissional
- Como saber se é relevante abrir uma empresa
- Qual a melhor área para seguir no mercado
- Quais os caminhos a percorrer para alavancar a sua carreira
- Como saber o tempo o seu negócio vai levar para lhe dar retorno
- O que fazer para ganhar mais
- O que fazer para ganhar dinheiro sem ser um vendedor chato
- O que fazer para gastar menos
- Como cobrar mais por seu trabalho
- Como conseguir capital para começar um negócio próprio
- Como começar a ganhar dinheiro, mesmo sem ter dinheiro
- Como ganhar dinheiro, mesmo sendo desempregado
- Como ser divulgado de graça na televisão
- E muito mais

Gostei! Eu quero fazer o curso!

Você pode optar por usar o seu Cartão de Crédito ou Boleto Bancário e assim que a transação for compensada, você receberá um email de acesso ao curso atomaticamente!

Pode ficar tranquilo (a)!

Você terá 7 dias para assistir ao curso. Se dentro desse prazo você alegar que ele não serviu para você, basta me enviar um email solicitando o seu reembolso que eu mando o seu dinheiro na hora! Tranquilo?

Vamo que vamo! Faça, que acontece!

Sobre mim

Sou de Manaus (AM), bacharel em Publicidade e Propaganda e Pós-graduado em Gestão Cultural e Eventos. Cansado de esperar a "oportunidade" de ser chamado para trabalhar em uma empresa, passei a ver no ato de ajudar pessoas com o que eu sabia e gostava de fazer (como músico e publicitário) a grande sacada para me desenvolver profissional e financeiramente sem que para isso eu precisasse estar empregado. Desde 2008 passei a ajudar diversos profissionais e empresas em suas ações de comunicação, design, marketing e foi assim que eu descobri que o fato de eu ser Desempregado desde 2005 não era bem um problema, era uma oportunidade! E você, como enxerga essa situação? Só digo uma coisa: faça, que acontece!

Alguns depoimentos sobre o meu trabalho (aperte o play lá em cima para você ver outros comentários sobre o curso):

Depoimento Beth Bruno from Enfim, Desempregado! on Vimeo.

Carlos Augusto from Enfim, Desempregado! on Vimeo.

Comprar o curso agora!

Você pode optar por usar o seu Cartão de Crédito ou Boleto Bancário e assim que a transação for compensada, você receberá um email de acesso ao curso atomaticamente!

Pode ficar tranquilo (a)!

Você terá 7 dias para assistir ao curso. Se dentro desse prazo você alegar que ele não serviu para você, basta me enviar um email solicitando o seu reembolso que eu mando o seu dinheiro na hora! Tranquilo?

Vamo que vamo! Faça, que acontece!