Danilo Gentili entrevista Hugh Jackman, o Logan, e daí?

Danilo Gentili entrevista Hugh Jackman, ator que interpreta o Wolverine

Eu assisti recentemente à entrevista que o Danilo Gentili fez com o ator Hugh Jackman, que interpreta o personagem Logan (nome real do Wolverine), no filme que mostra o ultimo episódio do super herói da Marvel e… não… eu não vim fazer spoiler do filme… kkkkk.

O fato é que no decorrer do programa, o Danilo mostra um vídeo que a produção do programa recebeu do Isaac Bardavid, que simplesmente é o dublador do Wolverine há 17 anos aqui no Brasil (estou escrevendo em 2017, hein!) e quando o Hugh termina de ver o vídeo, o Danilo sugere que seria muito bom se ator dublador pudessem vir a se encontrar um dia, já que então era o fim desse trabalho.

O Hugh então, super humilde, pergunta se poderia mandar uma mensagem ao Isaac e enquanto vai agradecendo, o Danilo diz: “claro, pode dizer pessoalmente!”

hugh-jackman-reverencia-o-dublador-de-wolverine-no-brasil-isaac-bardavid-durante-programa-the-noite-de-danilo-gentili-1487619471492_v2_900x506

Imagem: cinema.uol.com.br

E eis que então entra um senhor baixinho, de cabelos grisalhos que após uma super recepção da plateia e do próprio Hugh, confessa, meio que com litros na garganta:

“Você ajudou a sobreviver na minha profissão durante 17 anos, dublando a sua voz”!

Não vou nem dizer que comecei a sentir um aperto na garganta e um suor escorrendo pelos meus olhos nessa hora, mas enfim…eis a reflexão que eu gostaria que você fizesse:

Acredite:

Quando alguém trabalha e ganha dinheiro, essa mesma pessoa ajuda direta e indiretamente outras pessoas a fazerem e conseguirem o mesmo, ainda que não se dê conta disso  (clique aqui e leia “pessoas ajudam pessoas”)!

Sendo assim, se você está sem emprego ou infeliz no trabalho atual, comece a rever os seus conceitos de trabalho e ajude as pessoas que estão ativas profissionalmente na sua cidade (ou no ciclo das suas redes sociais), a serem mais felizes, mais bem sucedidas ou como eu sempre digo – pelo menos, menos tristes – a partir do seu conjunto de talento e aptidões (se for o caso, fale com seus amigos para que eles lhe indiquem para os chefes deles).

Você não precisa ser empregado(a) com carteira assinada de ninguém, mas pode começar como um temporário e aos poucos vai ver que isso é perfeitamente aplicável a outras pessoas (que a essa altura vão passar a ser os seus clientes).

Terceirização do Trabalho é aprovada, e agora? Clique aqui e saiba mais!

A dica de ouro é:

Foque nas pessoas que têm a ver com o seu ramo de atuação, que estão ativas e que de alguma forma podem ser ajudas por você, pelo seu talento e pelas suas habilidades, pois quando elas passam a pagar pelo que você faz, direta ou indiretamente você haverá de contribuir com outras pessoas (comprando na padaria da esquina, pegando o ônibus, abastecendo o carro, comprando uma roupa, um objeto para casa, se divertindo, etc.), pois assim você estará fazendo o seu dinheiro circular e quem recebê-lo haverá de fazer o mesmo e assim por diante.

Aos poucos você vai ver que é a partir desse humilde exercício é perfeitamente possível ajudar pessoas fazendo o que você sabe (e gosta) sem que para isso você precise esperar um (novo) emprego aparecer.

É por isso que eu sugiro que você abra a sua 16 ideias 3dmente e receba muito mais dicas de como fazer o seu talento acontecer através do meu livro digital “16 ideias altamente eficazes para quem está desempregado”, com uma leitura rápida, fácil e 100% aplicável à sua realidade. Clique aqui para adquiri-lo agora (você pode pagar tanto com seu cartão de credito como via boleto bancário e ele será enviado imediatamente para o seu e-mail assim que a transação for compensada)!

Conteúdo previsto:

  • Cinco conselhos equivocados sobre o mercado de trabalho;
  • O que nem mesmo a faculdade vai dizer a você sobre o mercado de trabalho;
  • Não procure emprego numa empresa a menos que você tenha esta qualidade;
  • O que você não deve fazer quando for em busca de oportunidade no mercado;
  • A prática que deixa você cada vez mais pobre e outras pessoas cada vez mais ricas;
  • O grande segredo para ganhar dinheiro, mesmo começando do zero;
  • Como evitar caloteiros e cobrar mais pelo seu serviço;
  • Como otimizar seus ganhos usando uma caixa de bombom;
  • Como começar a agir para se desenvolver profissionalmente;
  • Como conseguir e manter apoio para os seus projetos profissionais;
  • E muito mais…

Depoimentos sobre o 16 ideias:

 

As dicas mais acessadas