O Facebook não paga as suas contas?

É compreensível ouvir alguém dizer que o Facebook não paga as suas contas, afinal como é que o fato de ficar apenas lendo e postando coisas pode dar dinheiro a alguém, não é? Sim, é óbvio que se você (acha que) tem coisas “mais importantes” para fazer, como o seu trabalho por exemplo, eu serei o primeiro a incentivar, mas antes de me aprofundar na discussão, cabe aqui uma pergunta: você ainda vai ao trabalho?

Tendência

Não importa se você é empregado, desempregado, autônomo, profissional liberal ou empresário: pelo menos no momento em que escrevo este artigo (01/06/16), o Facebook é a maior rede social do mundo e, através dele milhares e milhares de pessoas de todo o mundo podem se comunicar com outras milhares e milhares de pessoas do mundo de forma rápida, instantânea e, a grosso modo, até mesmo de graça, bastando o indivíduo estar conectado à internet, o que por sua vez, reduz (e até mesmo elimina) os custos que ele teria com planos de serviços de voz através da sua operadora de telefone (clique aqui e confira o vídeo Profissões Extintas).

Oportunidade e efetividade

Se você anda míope e não consegue enxergar a oportunidade de fazer negócios através das redes sociais, em particular o Facebook, talvez esteja na hora de começar a refletir melhor sobre os seus conceitos e, caso você já esteja no hall das pessoas que já estão começando a promover não apenas as suas ideias, mas os seus produtos e serviços, talvez seja interessante você conhecer meios mais profissionais de fazer isso (clique aqui e saiba mais na entrevista que fiz com o Olimpio Araújo Jr.), pois acredite, muitos ainda usam as redes sociais de forma amadora, simplesmente replicando o conceito da propaganda off-line, que de modo geral, tem a limitação de trabalhar apenas a exposição de marca (clique aqui e leia o artigo “O fim da propaganda”).

Apesar disso, é importante você saber que para fazer um trabalho baseado em re$ultado$ mais efetivos, você não deve se limitar apenas a apostar todas as suas fichas nele, ele deve ser o agente que vai levar pessoas para o seu negócio e o seu negócio não deve mais se limitar apenas à sua zona geográfica, o seu negócio precisa estar presente no mundo e é por isso que você deve ter um site e, tendo um site, é de fundamental importância ter um blog (clique aqui e entenda a diferença entre site e blog)

Não empurre seus produtos goela abaixo das pessoas

Eu já falei aqui sobre os 6 itens fundamentais para você vender na internet e aumentar consideravelmente os seus resultados através da web, portanto aproveite enquanto isso (ainda) é um diferencial competitivo para você se comunicar de forma mais eficiente com o seu público-alvo (e não “com todo mundo”), pois se você continua no mesmo paradigma de ficar empurrando seus produtos goela abaixo das pessoas, o seu trabalho tenderá a ser mais árduo e cansativo. Não que você vá ter um saldo superpositivo na sua conta bancária da noite para o dia, mas saiba que estamos passando por um momento de transição na forma de nos comunicarmos e, no que concerne ao âmbito do mundo dos negócios, no modo como fazemos transações comerciais, seja do ponto de vista do consumidor, do empresário e/ do empreendedor.

anuncio ebook mkt na internetNão quer fazer nada disso?

Pode ser que você não tenha tempo, nem paciência e nem queira aprender a fazer o que propus, mas se assim for, procure por profissionais que possam ajudá-lo e orientá-lo nesse setor, lembrando que não adianta você ter apenas curtidas, curtidores e/ou seguidores – isso por si só não reflete em vendas para o seu negócio. Sendo assim, defina um percentual do seu orçamento para começar a explorar esse tipo de mídia fantástica que é o Facebook, mas não apenas para poluir a sua página de propaganda e nem fazer spam nas dos outros mas para se socializar com as pessoas, afinal acredite, assim como você, elas odeiam vendedores que querem ficar empurrando os seus produtos o tempo todo. Quer uma dica? Aplique o Inbound Marketing nos seus negócios e use o Facebook para ganhar a simpatia e a confiança das pessoas. A venda dos seus produtos e serviços será mera consequência… o pagamento das suas contas também!

Faça, que acontece!

As dicas mais acessadas